Sentar demais faz mal à saúde

Mude o hábito de sentar demais e aumente sua expectativa de vida em 2 anos

O corpo humano não foi feito para passar muito tempo sentado. Esta é a conclusão dos editores do canal AsapSCIENCE, do YouTube, Mitchell Moffit e Gregory Brown, publicada no vídeo “Are you sitting too much?”.

Veja o quê, segundo os autores do referido vídeo, acontece com uma pessoa quando ela permanece sentada por:

• 1 minuto: o corpo passa a queimar somente 1 caloria por minuto
• 3 horas: 50% de queda na dilatação arterial e redução do fluxo sanguíneo
• 24 horas: 40% de redução na captação de glicose pela insulina
• 2 semanas/6 horas por dia: aumento do colesterol ruim e ganho de peso
• 1 ano/6 horas por dia: redução do ritmo cerebral e hormônios do humor
• 10 a 20 anos/6 horas por dia: risco de câncer aumenta em 30%

Já quem passa menos de 3 horas por dia sentado aumenta a expectativa de vida em 2 anos. Porém, exercitar-se depois de um período muito longo sentado é tão eficaz quanto tentar neutralizar os efeitos nocivos do fumo com atividade física.

Para o pesquisador da Clínica Mayo, James Levine, sentar-se é uma patologia independente. “Ser sedentário durante 9 horas por dia no escritório é tão ruim para a saúde de quem irá para casa assistir televisão quanto para quem vai a um ginásio”, disse na matéria “Is sitting a lethal activity?” publicada no New York Times.

Como mudar sua rotina

Então, para evitar todos os problemas de saúde mencionados anteriormente, é imprescindível se movimentar durante o trabalho. Isso pode ser feito por meio da criação de um hábito. No livro “O poder do hábito”, o jornalista Charles Duhigg descreve que o loop do hábito consiste em 3 passos:

1. Deixa: estímulo cerebral cria resposta automática para realizar objetivo;
2. Rotina: resposta automática iniciada com a deixa;
3. Recompensa: satisfação cerebral com realização do objetivo.

Então, a dica é fazer uso do aplicativo de lembrete da plataforma de comunicação Sabesim para criar alarmes periódicos de hora em hora (Deixa), em que o trabalhador se levantaria da cadeira para realizar exercícios laborais (Rotina) a fim de obter uma recompensa (7 anos a mais de vida com qualidade, sem doenças, e 2 anos a mais de expectativa de vida).

Deixe uma resposta