Como elaborar uma estratégia de Gestão e acompanhar se está funcionando

Para que uma empresa conquiste e mantenha a sua vantagem competitiva no mercado não basta apenas adotar estratégias baseadas no público externo, princípios de liderança, diferenciação dos produtos e serviços ou em preços. A Gestão Estratégica dos Negócios depende diretamente do papel decisivo da Gestão de Pessoas nesse processo.

A Gestão Estratégica de Pessoas não é temporal e nem pontual, ou seja, não há uma fórmula secreta que vale para todas as empresas e nem um período certo para implantar a estratégia de Gestão. Mas é fundamental alinhá-la com a própria estratégia atual da empresa, missão e valores. Dessa forma, as competências organizacionais dos colaboradores e de cada função podem ser definidas com maior facilidade.

É fundamental que a estratégia empresarial também sirva de base nos processos decisórios de desenvolvimento, capacitação e retenção de talentos e em um plano de treinamento. Isso permite captar informações essenciais para o alinhamento ao planejamento estratégico geral da empresa.

Dicas para elaborar uma estratégia de Gestão de Pessoas

 

  1.     Alinhar as metas e os objetivos empresariais com a Gestão de Pessoas

Todo o processo de estratégia de Gestão precisa acompanhar as metas e os objetivos empresariais. Os objetivos devem mostrar a trilha certa para implantar as ações direcionadas ao público interno. Essas ações, por consequência, impactam diretamente no ambiente externo da empresa e nas estratégias gerais. Viu só a importância desse alinhamento?

  1.     Diagnóstico atual da situação da empresa

O segundo passo é analisar o ambiente organizacional da empresa e mapear o maior número de fatores possíveis, tais como Cultura Organizacional, Relacionamento e Comunicação, Processos de Gestão e Processos de Identificação.

Busque atender a realidade da sua empresa com as técnicas, pois na hora da análise, o mapeamento não deve seguir “tendências”, mas sim a realidade organizacional.

  1.     Plano de ação com objetivos

O terceiro passo da estratégia de Gestão é criar um plano de ação para, por exemplo, melhorar a qualidade dos fatores que foram avaliados na análise organizacional. Imagine que fatores como Desenvolvimento e Treinamento ou Comunicação Interna tenham notas baixas e alto índice de rejeição: o resultado levará você aos direcionamentos necessários para o plano de ação.

As ações trazem muitas possibilidades, de acordo com o que se espera das estratégias, tais como: capacitação e treinamento, revisão das políticas internas, reuniões de resultados, etc.

  1.     Como acompanhar se a estratégia está funcionando

O quarto, e também importante passo, é exatamente o que permite o acompanhamento da estratégia de Gestão elaborada. Para isso, é necessário aguardar alguns meses, que devem ter a definição no início do planejamento, e então começar o diagnóstico novamente para medir os resultados obtidos com a estratégia.

Certamente os resultados serão positivos, mas se há algo errado, avalie e altere as estratégias. Lembre-se do que falamos no início: a Gestão de Pessoas não deve ser pontual, ou seja, sempre é possível implantar novas ações, corrigir as que não funcionam e avaliar constantemente as mudanças na organização como um todo.

Gostou? Deixe os seus comentários aqui. A sua opinião é muito importante para nós!

Deixe uma resposta