Comunicação interna nas empresas

Saiba o que é e como funciona o endomarketing nas empresa

Como em todos os ambientes em que há muitas pessoas convivendo, nas empresas circulam muitas informações que impactam diretamente na vida de cada um. Alguns fatos precisam gerar certas mudanças de atitudes e há, ainda, aqueles que causam confusões e desentendimentos quando não divulgados da maneira correta. Por isso, a comunicação interna efetiva é fundamental para as empresas, independentemente do seu porte.

São consideradas comunicação interna, todas as interações, trocas e relacionamentos que ocorrem no ambiente de trabalho. É a circulação de informações e conhecimento, em todos os sentidos e direções. Da liderança aos subordinados, dos empregados às lideranças e entre os mesmos níveis hierárquicos. Ela precisa ser vista pelos empresários como estratégica já que o sucesso de uma empresa depende das pessoas que dela fazem parte e elas precisam estar bem informadas para serem produtivas, felizes e gerar resultados positivos.

Entendendo como o trabalho é importante

Os funcionários precisam conhecer, entender e vivenciar a visão, a missão, os valores e as metas da empresa. A comunicação interna garante que as informações circulem, permitindo a todos uma ampla a visão sobre os processos da empresa e sobre como o seu trabalho é importante para a organização, o que é fundamental, principalmente num mercado competitivo com o de hoje.

Bem informados e comprometidos, os empregados se transformam nos melhores porta-vozes da empresa. Quando ele emite sua opinião sobre o lugar em que trabalha, é um propagandista, um formador de opinião. Do outro lado da moeda, funcionários insatisfeitos, descontentes e mal informados geram prejuízos porque expressam com autenticidade e repercussão, os valores negativos que impactam a imagem e a reputação da empresa. Ou seja, investimentos em comunicação interna são investimentos no clima organizacional e em marketing.

A função da comunicação interna é fazer circular as informações, promovendo o debate e a interação entre os vários segmentos da organização e, sobretudo, preparar e capacitar os funcionários para os desafios. Vale lembrar que a comunicação interna não deve ser uma área periférica. Deve se aliar aos demais setores, tornando-se assim uma ferramenta imprescindível para a obtenção de resultados.

Benefícios da comunicação interna:

  • Confere credibilidade e transparência;
  • Garante que as informações circulem rapidamente e sem gerar ruídos;
  • Faz com que as pessoas se sintam parte da equipe;
  • Gera oportunidades para as pessoas se destacarem profissionalmente;
  • Alinha e motiva;
  • Minimiza os efeitos de uma eventual crise;
  • Potencializa os resultados positivos;
  • Alavanca o clima organizacional saudável.

A troca de informação não se dá apenas no âmbito dos funcionários com a empresa. A comunicação interna contribui para ampliar, também, as relações interpessoais, criando um clima de cooperação e interatividade.

Para dar conta do recado, são necessários alguns veículos como jornais, newsletters, boletins, comunicados, intranet, murais e reuniões periódicas. Assim, as informações são disponibilizadas de modo eficaz e atraente para que as pessoas cumpram sua missão. Comunicar é mais que informar, é atrair, envolver e comprometer.

Um software ajuda a comunicação interna a acontecer de fato

A tecnologia também pode contribuir muito para quem tem o objetivo de implementar um sistema de comunicação interna na empresa. Uma ferramenta recomendada é a oferecida pelo Sabesim que tem como solução um software para comunicação com funcionários, definição de regras, cobrança de faltas, delegação de tarefas, acompanhamento de resultados e gerenciamento de equipe.

Com o Sabesim, seus funcionários podem se comunicar de forma rápida, ágil e integrada. As equipes trocam mensagens entre si de forma descomplicada e você pode mandar mensagens pra equipe toda. E o melhor: todas estas funcionalidades podem ser acessadas via aplicativo de qualquer lugar e em qualquer horário. Ou seja, tudo rápido, na mesma velocidade em que correm as notícias.

Entendeu a importância da comunicação interna para as empresas? Quer saber mais sobre a Sabesim, acesse aqui

Leia Mais

Intranet Para Empresas em Poucos Cliques. É possivel?

Intranet

A intranet é uma das grandes responsáveis por facilitar o relacionamento dos funcionários nas empresas. Se utilizada de maneira adequada, ela pode, inclusive, torna-se um diferencial estratégico, ajudando o time a aumentar a sua produtividade e gerando vantagens competitivas para a organização se destacar no mercado. Uma das ferramentas mais utilizadas pelos gestores para melhorarem a comunicação interna é a intranet.

Nos últimos anos, a intranet vem conquistando um lugar de destaque no universo corporativo moderno. E isto não é à toa. Além de aprimorar bastante a comunicação interna, ela ainda integra os departamentos das empresas e impulsiona a criatividade e o desenvolvimento de melhores soluções. Mas na hora de adotarem uma intranet, muitos gestores acabam se perguntando se é possível criar uma rapidamente, para que eles não percam tempo.

Nesse post, descubra se uma intranet pode ser criada de forma rápida, em ‘poucos cliques’. Confira:

Maneira tradicional de obter uma intranet para empresas

Depois de conhecerem os benefícios que uma intranet pode gerar para a sua empresa, muitos gestores optam por encomendar a criação de um sistema a partir do zero. Mas esta pode não ser a melhor maneira de se obter uma intranet. A seguir, falaremos sobre alguns pontos relevantes acerca do desenvolvimento a partir do zero que podem ditar o sucesso da empreitada e que devem ser analisados pelos gestores. Veja:

Custos

Inúmeros custos estão envolvidos no processo de desenvolvimento de uma intranet. Por ser um sistema complexo e precisar da total dedicação de uma empresa desenvolvedora, seu preço acaba se tornando caro. Este alto custo pode, inclusive, influenciar no tempo em que a empresa leva para conseguir recursos financeiros suficientes para justificar a sua implantação, se tornando inviável principalmente para as pequenas e médias empresas.

Tempo

O tempo que leva para o desenvolvimento ser concluído é outro fator que deve ser analisado pelos gestores. Isso porque, quanto mais longo for o prazo de entrega do sistema pela empresa desenvolvedora, maior será a quantia financeira que a empresa terá que desembolsar. Soma-se à isto o fato de que a organização pode perder vantagens competitivas no mercado, caso o sistema passe muito tempo sendo desenvolvido.

Atualização

Para se adaptar às realidades da empresa e do mercado, a intranet precisa passar por atualizações constantes, que muitas vezes não são feitas pela empresa desenvolvedora. Neste caso, os gestores teriam que mandar sua equipe interna de TI fazer as atualizações ou delegar esta tarefa à outra empresa especializada. Isto demandará o investimento de tempo e recursos financeiros, além dos custos iniciais do desenvolvimento da intranet.

A maneira rápida e barata de se obter uma intranet

Outra maneira de se obter uma intranet é utilizando plataformas prontas, que podem ser implementadas pelos gestores em poucos cliques e são atualizadas pelo próprio fornecedor. O Sabesim, por exemplo, além de possibilitar uma implementação rápida e barata, ainda oferece uma suíte de aplicativos integrados que vem com caixas de mensagens, gerador de conteúdo, sistema kanban online para projetos e muitas outras ferramentas.

Tudo isso é oferecido para a empresa por um custo mensal muito mais baixo do que aquele envolvido na criação de uma plataforma, tornando-a acessível até mesmo para as pequenas e médias empresas. Enquanto a rápida implementação reduz o tempo que a intranet leva para melhorar a comunicação interna da empresa e gerar resultados palpáveis, o menor custo faz com o negócio consiga recursos financeiros suficientes para justificar a sua implantação.

Viu só quantos benefícios uma plataforma pronta pode gerar para a sua empresa? Então aproveite para conhecer a intranet do Sabesim e implementar a sua imediatamente!

Leia Mais

Kanban Eletrônico (e-Kanban), Guia simples

Kanban Eletrônico

Devido à eficiência que o Kanban eletrônico agrega aos processos operacionais e gerenciais das empresas, muitos gestores estão aderindo ao sistema para melhorar a produção e gerar resultados mais elevados. O problema é que, até mesmo contando com um sistema tão eficiente, esses resultados podem ser comprometidos pela falta de conhecimentos e habilidades em utilizar os recursos e ferramentas de maneira adequada. Para resolver isso, desenvolvemos esse post para explicar de forma detalhada como você pode utilizar as colunas de status e os quadros de tarefas (sticks) a seu favor. Acompanhe!

1. Iniciando um Kanban Eletrônico

Logo na página inicial do Kanban eletrônico aparecerá uma coluna do lado esquerdo da página. Clique em “Kanban” para visualizar de forma bem resumida todos os projetos que estão em andamento e a data em que foram realizadas as últimas tarefas em cada um deles.

Nessa mesma página, você pode dar início a um novo projeto clicando em “Novo” e digitando o nome do seu projeto na janela “Novo Kanban” que irá abrir na sequência. Agora você tem acesso a um novo quadro Kanban para personalizar e gerenciar as tarefas do seu projeto.

2. Adicionando tarefas (sticks) nas colunas de status

As colunas do Kanban eletrônico são definidas com os status padrões “Em espera”, “Pra fazer”, “Em andamento” e “Concluído”. No entanto, nada impede que você mude essa configuração e altere os nomes das colunas da forma como desejar. Você ainda pode excluir colunas ou adicionar mais algumas caso seja necessário. Basta clicar em “Opções” e personalizar o e-Kanban para atender as necessidades do seu projeto de maneira mais precisa.

Para adicionar tarefas clique em “Nova Tarefa” e uma janela irá se abrir te dando a opção de nomeá-las. Clique no ponto de interrogação “?” e digite o nome do profissional que ficará responsável por sua execução. Se o profissional tiver uma foto no perfil cadastrado, ela aparecerá no stick facilitando a identificação visual do responsável.

3. Movendo as tarefas (sticks) para mudar o status

Toda vez que uma tarefa for criada ela aparecerá automaticamente na primeira coluna “Em espera”, mas na medida em que ela for evoluindo você pode movê-la entre as colunas para indicar o seu status atual. Basta clicar no stick (tarefa) com o botão esquerdo do mouse e arrastá-la para a coluna de status correspondente. Você ainda pode definir a tarefa como urgente clicando em “Opções” e em “Prioridade”.

Para facilitar ainda mais, você pode monitorar o andamento das tarefas e se comunicar com o responsável por elas clicando em “Opções”, no stick, e em seguida, clicando em “Detalhes”. Uma janela chamada “Fazer upgrade da rede” irá se abrir e será possível visualizar o tempo que cada tarefa permaneceu em todos os status, representada de forma gráfica. Para manter um diálogo com o profissional responsável é só clicar em “Comentar”, digitar a mensagem e clicar em “Enviar”.

4. Excluindo tarefas (sticks) das colunas de status

Ao final, as tarefas podem ser removidas para a coluna de status “Concluído”, mas também podem ser excluídas se assim desejar. O mesmo pode ser feito quando uma tarefa se tornar irrelevante e precisar ser extinta. Para excluir as tarefas basta clicar em “Opções”, no stick, e em “Excluir”.

Como pode ver, é muito fácil usar o Kanban eletrônico. Aproveite essas dicas para tornar o seu gerenciamento de tarefas ainda mais eficiente e agregar melhores resultados aos seus projetos.

Ainda tem dúvidas? Entre em contato e aprenda a usar o Kanban eletrônico para melhorar os resultados do seu negócio!

Leia Mais